quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Se alegrar quando estiver triste


Se alegrar quando estiver triste 
Cantar quando não quiser ficar em silêncio
 Sonhar de olhos abertos
 Lutar mesmo com as forças se esgotando 
Ter esperança apesar das dificuldades 
Alimentar sonhos além das fantasias e
 Esquecer da solidão tendo-lhe como amiga.

Uma lágrima de saudade

Uma lágrima de saudade
 percorre meu rosto, E na ânsia da solidão meu coração não deixa de gritar por você.
 Não me canso de chamar teu peito pra junto do meu,
 Não me canso de sentir a falta do teu calor. Penso em tantos dias, 
e tantas noites que passamos juntos,
 E ainda assim são poucos para o desejo que nos consome,
 E choro novamente, de saudade de você. 
Choro por saber que não posso te tocar,
 Mesmo sabendo que teu coração bate dentro do meu peito,
 Que tua alma caminha na mesma direção que a minha, 
À espera dos nossos sonhos...
 Choro porque sei que também choras,
 E que não posso estar aí para consolá lo, 
Para enxugar de teu lindo rosto Essas lágrimas que brotam do teu coração. 
Junta tuas lágrimas às minhas, E que a força desse amor, 
O som de nosso choro, seja forte o bastante Para nos unir, e matar essa saudade.